27/05/2020
Podcast Coisa Pública.

Podcast Coisa Pública: Inchaço da máquina pública agrava crise fiscal dos estados

Neste episódio do Coisa Pública vamos falar sobre a importância da eficiência da máquina pública em meio à pandemia causada pela covid-19.

Fator importante para o desenvolvimento estadual e nacional, uma máquina pública eficiente pode reduzir as contas do governo, e permitir que os agentes públicos invistam nos recursos necessários para melhora da qualidade de vida da população. Por outro lado, sua ineficiência diminui a produtividade da economia ao minar a construção de um ambiente de negócios positivo ao investimento e a inovação.

Além da dívida pública, de R$ 4,248 trilhões, as despesas que mais pesam nas contas públicas são os gastos com a Previdência e com pessoal. Segundo a Instituição Fiscal Independente, entre dezembro de 2007 e março de 2019, os gastos com a Previdência tiveram um aumento de R$ 249 bilhões, em termos reais, e as despesas com pessoal subiram em R$ 80 bilhões.

Esse gasto desenfreado com servidores já é um problema recorrente em diversos estados brasileiros. No Brasil, o poder Executivo detém 73% das despesas. Atrás dele, vem o Judiciário, que contabiliza 21% das despesas com servidores, variando entre R$ 28 bilhões e R$ 31 bilhões. O Legislativo vem por último, detendo 3,7% das despesas com seus servidores.

Além disso, a alta remuneração também custa caro para o Brasil. Segundo o Banco Mundial, o prêmio salarial no governo Federal é de 96%; já nos estados ele é de 36%. A mesma instituição também apontou que 83% servidores públicos federais e 60% dos servidores públicos estaduais estão entre os 20% mais ricos do país.

Essa fragilidade nos cofres públicos já vem gerando atrasos salariais.

Segundo um estudo realizado pela Inteligência Técnica do CLP, oito estados podem exceder o percentual de 90% de suas receitas líquidas correntes com gasto de pessoal e é possível que os atrasos salariais comecem em setembro. São eles: o Piauí, Tocantins, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Goiás.

Para entendermos mais sobre o assunto, eu e a Natália Almeida conversamos com Fabrício Marques Santos, presidente do Consad e secretário do Planejamento e Gestão de Alagoas; e Luiz Cláudio Gomes, secretário adjunto da Fazenda de Minas Gerais.

Ouça o episódio completo:

Download | Spotify | Feed | Castbox Google Podcasts | Apple Podcasts | YouTube | Deezer

*A opinião dos entrevistados não reflete necessariamente o posicionamento do CLP

Links

Newsletter Desenvolvimento em Perspectiva

Apoie o CLP

Apoie o CLP

Apoiando o CLP você ajuda a manter esse podcast no ar, além de fomentar toda a nossa produção de conteúdo que inclui artigos, vídeos e newsletters. Faça parte!

Acompanhe o CLP em todos os nossos canais

Instagram

Facebook

Twitter:

Site

Assine nossa newsletter semanal

Tem alguma ideia, dúvida ou quer conversar com a gente? Mande um e-mail para contato@clp.org.br

Equipe e convidados

Natalia Almeida
Guilherme Franco
Fabrício Marques Santos
Luiz Cláudio Gomes

Compartilhe esse artigo


Head de Comunicação do CLP, tem larga experiência em estratégias de comunicação integrada. Foi repórter, analista de dados, assessor de imprensa e fez campanhas políticas. No Grupo FSB, maior empresa de PR do Brasil, atendeu grandes organizações nacionais e multinacionais em diversos setores de mercado, administrando atividades de relacionamento com a imprensa, gestão de mídias digitais, gerenciamento de crises, comunicação interna e produção de conteúdo institucional.

Notícias Relacionadas

podcast-coisa-publica-como-a-seguranca-publica-deve-ser-tratada-pelos-candidatos-em-2022

Podcast Coisa Pública: Como a segurança pública deve ser tratada pelos candidatos em 2022?

por Natália Almeida

Apesar dos números apresentarem tendência de quebra, o Brasil ainda é um dos países com a maior taxa absoluta de homicídios do mundo. Segundo o Anuário da Segurança Pública, o…

Ler mais
podcast-coisa-publica-o-deficit-habitacional-na-agenda-dos-candidatos-a-presidencia

Podcast Coisa Pública: O déficit habitacional na agenda dos candidatos à presidência

por Natália Almeida

Segundo dados da Fundação João Pinheiro, o Brasil registrou um déficit de 5,876 milhões de moradias em 2019. Os estados em pior situação estão nas regiões Norte e Nordeste O…

Ler mais
podcast-coisa-publica-por-que-emprego-e-renda-devem-pautar-o-debate-eleitoral

Podcast Coisa Pública: Por que emprego e renda devem pautar o debate eleitoral?

por Natália Almeida

De acordo com a PNAD, divulgada em dezembro de 2021, o país tem 12,9 milhões de pessoas desempregadas. Ao mesmo tempo, o Brasil vê o aumento da inflação, puxada por…

Ler mais
podcast-coisa-publica-como-a-seguranca-publica-deve-ser-tratada-pelos-candidatos-em-2022

Podcast Coisa Pública: Como a segurança pública deve ser tratada pelos candidatos em 2022?

por Natália Almeida

Apesar dos números apresentarem tendência de quebra, o Brasil ainda é um dos países com a maior taxa absoluta de homicídios do mundo. Segundo o Anuário da Segurança Pública, o…

Ler mais
podcast-coisa-publica-o-deficit-habitacional-na-agenda-dos-candidatos-a-presidencia

Podcast Coisa Pública: O déficit habitacional na agenda dos candidatos à presidência

por Natália Almeida

Segundo dados da Fundação João Pinheiro, o Brasil registrou um déficit de 5,876 milhões de moradias em 2019. Os estados em pior situação estão nas regiões Norte e Nordeste O…

Ler mais
podcast-coisa-publica-por-que-emprego-e-renda-devem-pautar-o-debate-eleitoral

Podcast Coisa Pública: Por que emprego e renda devem pautar o debate eleitoral?

por Natália Almeida

De acordo com a PNAD, divulgada em dezembro de 2021, o país tem 12,9 milhões de pessoas desempregadas. Ao mesmo tempo, o Brasil vê o aumento da inflação, puxada por…

Ler mais

Junte-se ao CLP

Escreva seu email e receba nossa newsletter


    Siga o CLP

    Siga nossas redes sociais e fique informado