16/07/2019
Notícias.

Como capacitar e desenvolver servidores públicos?

Professora em programa de capacitação para servidores públicos

O desenvolvimento de competências de servidores vem sendo uma preocupação da administração pública nos últimos anos. 

Em 2006 o decreto 5.707 lançou a PNDP (Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoal)

O documento afirma que a capacitação é “um (…) processo permanente de aprendizagem, com o propósito de contribuir para o desenvolvimento de competências institucionais por meio do desenvolvimento de competências individuais”.

 

E você, está em busca de melhores formas de fazer gestão de pessoas no setor público? Quer desenvolver e capacitar melhor sua equipe? 

Se sim, neste artigo você confere:

  1. • Diferenças entre desenvolvimento técnico e comportamental;
  2. • Como usar a licença de capacitação;
  3. • Como promover capacitações sem investir recursos financeiros, e mais.

 

Mas antes… elabore o plano de desenvolvimento com base em feedbacks e avaliações


É importante ressaltar que as estratégias de desenvolvimento e capacitação planejadas só serão assertivas se forem:

1 – Baseadas em fatos, dados e percepções. Por isso os feedbacks e as avaliações se fazem necessárias.

  1. 2 – Acompanhadas por um plano de ação: ao dar um feedback com base no modelo Situação – Comportamento – Impacto – Plano de Ação, o gestor, junto ao servidor, deve traçar um plano de ação para melhoria de uma competência ou promoção de uma boa prática.
  2. 3 –  Adequadas para objetivo traçado no feedback: o próximo passo,  no plano de ação, é encontrar quais capacitações são mais adequados para os objetivos de melhoria traçados no plano de feedback.

Logo, é importante que a gestão, ao adotar práticas de desenvolvimento, aplique também práticas de avaliação

Em seguida, o próximo passo é entender qual tipo de capacitação é mais adequada: técnica ou comportamental.

 

Desenvolvimento técnico e comportamental de servidores públicos


É através de ações de desenvolvimento e capacitação que os servidores caminham para entregas de maior qualidade e eficiência. 

Nós, do CLP, entendemos o desenvolvimento dos servidores públicos à partir de dois principais aspectos: técnicos e comportamentais. 

 

Desenvolvimento técnico 

A qualificação técnica de servidores públicos diz respeito às habilidades e competências necessárias para um determinado trabalho técnico, como gestão de projetos ou orçamentário, por exemplo. 

Como ação de desenvolvimento, você, gestor, deve direcionar seu planejamento para o indivíduo ou equipe através de capacitações técnicas que atendam àquele ponto de melhoria.  

Para isso,  existem uma série de soluções para desenvolvimento dessas capacidades técnicas que são gratuitas e acessíveis. 

Muitas universidades renomadas e organizações do Terceiro Setor, por exemplo, oferecem capacitações e cursos sem custos que atendem a essas necessidades. 

Confira, abaixo, cursos virtuais que você pode indicar à sua equipe.


•  CLP – Liderança Pública

O CLP oferece três cursos virtuais e gratuitos sobre finanças municipais. São eles: Arrecadação de recursos próprios; financiamento da educação; e captação externa de recursos

Em breve, lançaremos cursos online sobre gestão de pessoas no setor público. Inscreva-se para a lista de espera do curso e fique sabendo do lançamento com exclusividade. 

•  Universidade de Princeton

A Universidade de Princeton, nos EUA, é considerada a sétima melhor do mundo e oferece cursos de gestão pública como, por exemplo, “Como fazer com que um governo funcione em lugares difíceis”. Confira.

•  Instituto de Tecnologia de Massachusetts

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts, MIT, é uma universidade localizada em Cambridge, nos EUA. A instituição oferece cursos como “Planejamento, comunicação e meios digitais” dentro da área de estudos urbanos. Confira.

•  USP

A Universidade de São Paulo disponibiliza cursos e disciplinas virtualmente dentro do espectro de temáticas que possui. É o caso, por exemplo, da disciplina de Planejamento e Orçamento em Políticas Públicas, do curso de Gestão de Políticas Públicas, e que está disponível de forma virtual. Confira. 

 

Desenvolvimento comportamental 

Por outro lado, a qualificação comportamental tem o indivíduo como foco. O que esse servidor precisa saber? Qual comportamento ele precisa desenvolver para melhorar o engajamento com a equipe, por exemplo? 

Nesse momento, é importante atentar que todos devem estar alinhados com o objetivo comum do time a fim de que a equipe consiga avançar e chegar ao resultado final esperado pela gestão.

Como chegar a um objetivo em comum entre o time? Confira o que explica Jéssica Barcelos:

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=GnpLxTjZkO0[/embedyt]

Para promover o desenvolvimento de capacidades comportamentais, selecionamos abaixo diversas organizações que promovem capacitações para ajudar gestores públicos. 

Elas realizam programas de liderança e política, por exemplo, em modalidades de curta e longa duração. Cabe a você, gestor, entender qual se encaixa em seu contexto. 

•  CLP – Liderança Pública

Para além dos cursos virtuais que comentamos acima, o CLP oferece diferentes experiências de aprendizado presenciais que buscam desenvolver capacidades comportamentais. Confira.

 

Licença capacitação: como usar esse recurso?

Existem alguns programas de capacitação e desenvolvimento nos quais  servidores precisam de alta dedicação e, por isso, não conseguem conciliar com suas atividades. 

Para isso, existe uma lei que permite que o servidor se ausente da instituição por um período de tempo sem deixar de ser remunerado. 

Os artigos n° 81 e n° 87 da Lei Federal n° 8.112 garantem a servidores públicos a solicitação da licença de capacitação por até três meses. Seu requisito, entretanto, só pode ser realizado após a permanência do servidor em seu cargo a partir de 5 anos. 

Embora seja um benefício concedido a servidores, cabe aos gestores analisar a solicitação e conceder o afastamento. Além disso, é importante que o curso escolhido seja compatível às atividade de seu cargo. 

O processo para solicitação da licença capacitação é simples. Basta o servidor:

  1. • Analisar se o estatuto do órgão público no qual atua prevê tal possibilidade;
  2. • Analisar se possui os requisitos para a solicitação, como o tempo mínimo no cargo e afinidade do curso a função exercida; e 
  3. • Preparar uma carta de solicitação ao gestor informando o porquê da capacitação e como ela irá contribuir para a equipe. 

 

Promova o conhecimento interno e capacite sua equipe

Para além dessas modalidades externas que citamos acima, você, como gestor, pode aproveitar o conhecimento interno da equipe e fomentá-lo como forma de capacitação. 

Você pode, por exemplo, convidar servidores da sua própria secretaria ou de outras secretarias – de outras cidades, inclusive – para oferecer treinamentos e palestras.

Pode, também, promover workshops e grupos de estudo sobre um ponto de melhoria para a equipe ou projeto que está em planejamento. 

Saiba mais
Veja como a líder MLG Helena de Rezende fomentou a prática de troca de conhecimentos dentro de sua equipe na Secretaria de Segurança Pública do RJ.

Helena de Rezende em programa de capacitação para servidores públicos

Existe uma série de possibilidades que não exigem recursos e que podem ser implementadas o quanto antes em sua equipe. 

Conhecemos diversas experiências desenvolvidas em diferentes órgãos e instituições. 

Mas agora queremos escutar de você. Quais experiências de desenvolvimento e capacitação ajudaram sua gestão? 

 

Como fazer uma melhor gestão de pessoas no setor público? 

Diversas mudanças legais e estruturais precisam acontecer no que tange à gestão de pessoas no setor público, porém entendemos que existem mudanças que gestores podem aplicar para trazer mais eficiência à área no dia-a-dia. 

Elas envolvem:

powered by Typeform

Compartilhe esse artigo


Notícias Relacionadas

coisa-publica-quais-sao-os-efeitos-da-aprovacao-da-pec-emergencial

Coisa Pública: Quais são os efeitos da aprovação da PEC Emergencial?

por Natália Almeida

  05 DE MARÇO DE 2021 DESTAQUES DA SEMANA  Pouco mais de um ano após o primeiro caso oficial de Covid-19 no Brasil, o Ministério da Saúde confirmou a compra…

Ler mais
primeira-infancia-e-negritude-quando-o-racismo-inicia-seu-impacto-na-vida-da-pessoa-negra

Primeira infância e negritude: quando o racismo inicia seu impacto na vida da pessoa negra?

por Natália Almeida

A primeira infância é o período da vida do zero aos 6 anos de idade, no qual temos a nossa maior janela de aprendizagem. Os primeiros anos de vida são…

Ler mais
podcast-coisa-publica-os-desafios-dos-recem-eleitos-na-primeira-infancia

Podcast Coisa Pública: Os desafios dos recém-eleitos na Primeira Infância

por Natália Almeida

No segundo episódio da série dos 100 dias, vamos falar sobre as nossas crianças e de como uma boa gestão deve olhar para políticas públicas para a primeira infância. A…

Ler mais
coisa-publica-quais-sao-os-efeitos-da-aprovacao-da-pec-emergencial

Coisa Pública: Quais são os efeitos da aprovação da PEC Emergencial?

por Natália Almeida

  05 DE MARÇO DE 2021 DESTAQUES DA SEMANA  Pouco mais de um ano após o primeiro caso oficial de Covid-19 no Brasil, o Ministério da Saúde confirmou a compra…

Ler mais
primeira-infancia-e-negritude-quando-o-racismo-inicia-seu-impacto-na-vida-da-pessoa-negra

Primeira infância e negritude: quando o racismo inicia seu impacto na vida da pessoa negra?

por Natália Almeida

A primeira infância é o período da vida do zero aos 6 anos de idade, no qual temos a nossa maior janela de aprendizagem. Os primeiros anos de vida são…

Ler mais
podcast-coisa-publica-os-desafios-dos-recem-eleitos-na-primeira-infancia

Podcast Coisa Pública: Os desafios dos recém-eleitos na Primeira Infância

por Natália Almeida

No segundo episódio da série dos 100 dias, vamos falar sobre as nossas crianças e de como uma boa gestão deve olhar para políticas públicas para a primeira infância. A…

Ler mais

Junte-se ao CLP

Escreva seu email e receba nossa newsletter


    Siga o CLP

    Siga nossas redes sociais e fique informado