29/07/2020
Gestão Pública.

Atendimento humanizado na Assistência Farmacêutica de Poços de Caldas

 

Atendimento humanizado na Assistência Farmacêutica de Poços de Calda

Este conteúdo relata um projeto idealizado por Yula de Lima Merola, Farmacêutica da Assistência Farmacêutica da Prefeitura Municipal de Poços de Caldas e Líder no Master em Liderança e Gestão Pública. Ele focou em descentralizar e humanizar a dispensação de medicamentos do componente especializado do Estado através da dispensação na Farmácia Municipal do município de Poços de Caldas (MG). Confira:

 

As ações da Assistência Farmacêutica

 

Para dar suporte no preenchimento dos formulários, que são de difícil interpretação, e auxiliar pacientes com os remédios, a Assistência Farmacêutica implantou uma unidade de atendimento do Componente Especializado na Farmácia Básica Central.

O projeto foi implantado na Farmácia Municipal Central da Divisão de Assistência Farmacêutica da Secretaria Municipal de Saúde de Poços de Caldas, que atende em torno de 750 usuários por dia para dispensação de medicamentos do componente básico.

“O uso incorreto de medicamentos pela população está relacionado com a falta de orientação em relação ao seu medicamento e mau acolhimento para o tratamento que podem causar complicações na sua saúde”, explica Yula, que foi responsável por auxiliar a interlocução com o Estado e com as unidades hospitalares.

Por conta da distância entre Poços de Caldas e Pouso Alegre, onde são dispensados os medicamentos de alto custo nas Farmácias do Estado, a Assistência Farmacêutica também se organizou para retirar todas as terças e quintas-feiras os medicamentos em nome dos pacientes.

 

Os resultados do projeto em Poços de Caldas

 

Com este novo protocolo, o farmacêutico passou a realizar um atendimento mais especializado e individualizado. Ele é responsável por avaliar o paciente e determinar qual o tipo de medicamento, orientá-lo quanto ao seu uso, as possíveis reações e os horários das doses.

“Acreditamos que este novo protocolo poderá resultar em pontos positivos no que se refere a problemas relacionados ao medicamento, interações medicamentosas e orientações sobre administração de medicamentos, sejam para os profissionais de saúde ou aos pacientes e seus familiares”, afirma.

Foi implementado um local adequado com balcões de atendimento, geladeiras e câmara frias. Também foi organizado a viagem com o setor de transporte, implantado um sistema de informatização e criado o ambulatório de DPOC, em parceria com a Indústria Farmacêutica, para realizar exames de espirometria.

Para os pacientes de hemodiálise, tratamento que consiste na remoção de substâncias tóxicas do sangue, foi estabelecida uma parceria com a Terapia Renal Substitutiva do SUS para que os pacientes busquem os medicamentos diretamente nos centros médicos onde realizam suas sessões de tratamento. Isso permitiu que eles não fossem expostos frente à nova crise sanitária do coronavírus (Covid-19). A medida iniciou em março e já está beneficiando 300 usuários.

“Este projeto trouxe humanização ao atendimento de pacientes ou usuários do SUS de alto custo. Com essa interlocução do município, a equipe da Farmácia avalia se todos os campos estão preenchidos e o médico tem um canal direto com o município para auxiliar no preenchimento dos formulário. Além da comodidade do usuário de ir buscar o seu remédio no dia agendado e na sua cidade”, explica Yula.

Compartilhe esse artigo


Natália Almeida Leite é jornalista formada pela FCL - Faculdade Cásper Líbero, com experiência em assessoria de imprensa, redação, marketing digital e audiovisual. Atua na Comunicação do Centro de Liderança Pública no cargo de Analista Pleno e é responsável pela produção do podcast Coisa Pública.

Notícias Relacionadas

pessoa-idosa-no-setor-publico-diversidade-e-inclusao

Pessoa idosa no setor público: diversidade e inclusão

por Camila Cruz

Quando nos voltamos para o mercado de trabalho e aqui destacamos, especialmente a administração pública, ainda constatamos muitos estigmas relacionados à pessoa idosa no setor público: envelhecer é algo negativo,…

Ler mais
o-meu-orgulho-de-ser-servidor-publico-vem-da-realidade-que-vivo

O meu orgulho de ser servidor público vem da realidade que vivo

por Rede MLG

Hoje, dia 28 de outubro, é o Dia do Servidor Público. E quando se fala em servidor público, normalmente se pensa logo na questão da estabilidade e no salário. Mas…

Ler mais
como-e-realizado-um-processo-de-compras-publicas

Como é realizado um processo de compras públicas?

por Luís Guilherme Izycki

O volume financeiro das compras públicas sobre o gasto governamental é alto, impactando sobre diversos mercados fornecedores. Estudo do IPEA aponta que as compras públicas representam 12,5% do PIB brasileiro¹.…

Ler mais
pessoa-idosa-no-setor-publico-diversidade-e-inclusao

Pessoa idosa no setor público: diversidade e inclusão

por Camila Cruz

Quando nos voltamos para o mercado de trabalho e aqui destacamos, especialmente a administração pública, ainda constatamos muitos estigmas relacionados à pessoa idosa no setor público: envelhecer é algo negativo,…

Ler mais
o-meu-orgulho-de-ser-servidor-publico-vem-da-realidade-que-vivo

O meu orgulho de ser servidor público vem da realidade que vivo

por Rede MLG

Hoje, dia 28 de outubro, é o Dia do Servidor Público. E quando se fala em servidor público, normalmente se pensa logo na questão da estabilidade e no salário. Mas…

Ler mais
como-e-realizado-um-processo-de-compras-publicas

Como é realizado um processo de compras públicas?

por Luís Guilherme Izycki

O volume financeiro das compras públicas sobre o gasto governamental é alto, impactando sobre diversos mercados fornecedores. Estudo do IPEA aponta que as compras públicas representam 12,5% do PIB brasileiro¹.…

Ler mais

Junte-se ao CLP

Escreva seu email e receba nossa newsletter


    Siga o CLP

    Siga nossas redes sociais e fique informado